Saturday, May 3, 2008

Sem nome


Oxalá os teus trilhos chegassem até esta praia e pudesses sentir como lhe faz falta o teu ar.

Oxalá conseguisses decifrar as letras que se agrupam por ti e te desses conta que para as desenhar foi preciso muito mais do que palavras.

Oxalá se pudessem tingir as paredes de cores para ocultar a tristeza que se foi acumulando desde que não te albergam.

Oxalá um dia fosses capaz de olhar para mim de novo e eu te pudesse devolver o olhar sem pensar que foste uma quimera, sem acreditar que os contos encantados são estórinhas imaginárias e maravilhosas que nunca nos acontecem...

Oxalá fosse menos difícil respirar...

7 comments:

Amalia said...

Oxalá tu consigas ainda por muito tempo deliciar-nos com tantas coisa lindas que nos dás.
beijos e bom fim de semana.

CBugarim said...

Olá minha linda!
Já estava preocupada com a tua ausência e com saudades tuas.
Muito obrigada pelo teu carinho.
Um beijinho e bom fds,

nuno said...

Bem verdade! Delicia-nos e faz-nos sorrir irresistivelmente.
Beijinhos

CBugarim said...

És um amor, Nuno. Muito obrigada.
Um beijinho,

Amalia said...

Tou contigo Nuno,delicia-nos verdadeiramente e enche os nossos corações de carinho.
E ficamos mais leves,mais nós,quando a lêmos...

asperezas said...

«"Can you tell me where my country lies?"
said the unifaun to his true love's eyes.
"It lies with me!" cried the Queen of Maybe...»

from "Dancing With the Moonlit Knight"

CBugarim said...

Very sweet, Asperezas.
Have a nice Sunday, thank you for coming.