Sunday, March 30, 2008

Benguela num poema de enorme saudade, da autoria de Olimpio Neves

Benguela, onde nasceu a minha irmã Cristina a 31 de Março de 1958

3 comments:

Amalia said...

já o ouvi ao vivo,pelo próprio...
Sente-se um arrepiosinho e caem umas lágrimas teimosas que nos aliviam o coração...
Beijinhos da cor das acácias.

CBugarim said...

Boa semana, princesa das acácias.

Amalia said...

Tambem para ti,princesa do Lobito.
Beijos com cheiro a mar...