Wednesday, December 10, 2008

Tempo de reflexão



Esta é a altura do ano em que instintivamente o nosso subconsciente faz a rebobinagem do que nos aconteceu no passado recente e traça algumas metas para o futuro.
Detém-se no Pelourinho da Saudade e visita todos aqueles que perdemos ou deixámos que se afastassem da nossa vida.

No Beco do Rancor pára para "resolver" certas brigas que poderíamos ter evitado e que nos trouxeram alguns dissabores.

No Largo do Orgulho, senta-se para tirar aquelas "pedras no sapato" que facilitarão a nossa caminhada daqui para a frente.

No jardim da Felicidade, demora a ponta dos nossos dedos para de novo tocarem momentos que nos deixaram o coração pleno e a alma leve.

Na Viela da Solidariedade faz a promessa de abrir portas e janelas e multicolorir os estendais para encher de alegria aqueles que apenas têm a calçada e o céu como companhia.

Na Praça do Amor festeja termos sido acariciados pelo coração de todos aqueles que nos querem bem.

Na Alameda da Paz agradece o quinhão que coube à nossa Terra e pede uns quantos bocados mais para espalhar por esse mundo fora.

Na Avenida da Determinação promete nunca deixar a palavra SEMPRE dormir por tudo aquilo que é nossa obrigação lutar.
E agradece também à existência ter-nos permitido chegar até aqui...

3 comments:

Amalia said...

Poia é amiga, é pena que só nesta altura se faça esta reflexão...quando todos os dias são bons para o fazer-mos...
Beijo deste lado com frio, mas com calor no coração...

CBugarim said...
This comment has been removed by the author.
CBugarim said...

Assim é na verdade, querida Amália. Por vezes nem nos damos conta que esta vida é apenas uma passagem.
Um grande beijinho para ti, cheiiiinho do calor da nossa terrinha,